Você conhece as diferenças entre cânhamo versus maconha e CBD versus CBG?

Você conhece as diferenças entre cânhamo versus maconha e CBD versus CBG?

Vamos começar do início: você provavelmente já ouviu alguém dizer as palavras “cânhamo” ou “maconha”. Porém, você sabe a diferença entre os dois termos?

Ao longo da história, incluindo a descoberta de material feito de cânhamo há mais de 10.000 anos, o cânhamo foi provavelmente a primeira cultura cultivada pela humanidade.

De acordo com um artigo publicado em healthline.com , o termo “cânhamo” é usado para significar cannabis que contém 0,3% ou menos de THC por peso seco. Alega que esta definição foi proposta pela primeira vez em 1979 num livro chamado “The Species Problem in Cannabis: Science & Semantics”. Segundo o livro, “este número foi utilizado na definição legal de cânhamo, conforme especificado na Lei Agrícola de 2018 e outras leis nos Estados Unidos”.

Já a maconha é um termo usado para falar de bens que podem te deixar “alto”. Legalmente, a palavra “maconha” refere-se à cannabis que contém mais de 0,3% de THC em peso seco. Lembrando que o número pode variar entre os tipos da planta.

CBD e CBG

Assim como o canabidiol (CBD), o canabigerol (CBG) é um canabinóide. É o principal componente não intoxicante da cannabis e também o mais conhecido na indústria, sendo amplamente utilizado em cepas comuns de cannabis, tornando o isolamento e uso de canabinóides facilmente traduzível para operações de fabricação de produtos. É possível dizer que o CBG se parece com o CBD superficialmente.

O CBG é um canabinóide menos abundante, mas também foi recentemente observado em estudos. O componente também pode, segundo os pesquisadores, reduzir a inflamação, combater a dor e até retardar a proliferação de algumas células cancerígenas.

CBG é o precursor de outros canabinóides. Quando aquecido, o CBG-A, a forma ácida do CBG, decompõe-se. Porém, não forma apenas o CBG. Também forma CBD, tetrahidrocanabinol (THC) e canabicromeno (CBC).

O CBD tem uma afinidade relativamente baixa pelos receptores canabinóides e interage principalmente com o sistema endocanabinóide de forma indirecta e, por outro lado, pensa-se que o CBG interage directamente com os receptores canabinóides CB1 e CB2 do cérebro.

Referências:
https://cbdorigin.com/hemp-vs-marijuana/
https://www.healthline.com/health/hemp-vs-marijuana
https://www.labroots.com/trending/cannabis-sciences/18030/difference-cbd-cbg#

Escrito por

Ei. Meu nome é Penci. Nasci com o amor por viajar. Também adoro tirar fotos com